Poema de um Acupunturiatra – O Furador

[vc_row][vc_column][vc_column_text]

 

 

Após sua brilhante exposição na Reunião Científica do CMBA, Dr. Paulo Paim lê a todos os participantes, o poema de sua autoria, que vem de reflexões após atendimentos paliativos aos seus pacientes.

Em especial, a discussão promovida entre os mediadores, Dr Fernando Genschow (Presidente do CMBA), Dr Hildebrando Sabato (Diretor Cientifico) e Dra Marcia Yamamura (Vice Presidente) junto com Dr Paulo Paim, terminou com esse emocionante poema.

 

Furo sempre, todo dia.

Furo a carne dolorida.

Furo humilde o ponto exato.

Furo o nobre e o desgraçado.

 

Vou da pele até a sinapse.

Furo a epífise e a diafise.

 

Vou furando sem pudor,

todo mundo que tem dor.

Tanto furo nessa vida

fez de mim um furador.

 

Uns me pagam em dinheiro,

outros pagam com amor.

 

Enfim posso constatar:

Com clareza, sem pensar,

os meus furos são janelas

para a alma respirar.

 

Furador apaixonado,

vim à terra pra furar.

 

(PPaim)

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Últimas Notícias

(eBook) Acupuntura: Breve Histórico, Mecanismo de Ação e Aplicações
Lançamento do eBook: Acupuntura Para Dor
CMBA Apresenta Novo SITE: Confira o Vídeo

SEJA UM ASSOCIADO DO CMBA

Filie-se ao CMBA, fortaleça a Acupuntura Médica no País!

Congresso Internacional de Acupuntura do CMBA

22 a 23 de Outubro de 2022 em Niterói - RJ