Site de acesso livre reúne estudos na área de saúde

Os pesquisadores brasileiros vão ter, a partir de agora, um site em português para registrar pesquisas sobre tratamentos, medicamentos e outros temas de saúde. Foi lançado nesta quinta-feira (16), em Brasília, o Registro Brasileiro de Ensaios Clínicos. A nova ferramenta foi criada por uma parceria do Ministério da Saúde com a Fundação Oswaldo Cruz e a Organização Pan-americana de Saúde. O registro brasileiro vai ampliar a divulgação de estudos nacionais, além de ajudar na seleção de voluntários que queiram participar de estudos realizados com seres humanos. Antes, as pesquisas brasileiras eram registradas em sites de língua estrangeira e não eram acessíveis à população. Com a nova ferramenta, segundo o secretário de Ciência e Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Reinaldo Guimarães, todos vão poder ter acesso. 

"Todos os protocolos clínicos que estiverem lá registrados serão de conhecimento público, o que o protocolo pretende fazer e os resultados do protocolo quando houver resultados. O objetivo disso é exatamente dar transparência, dar visibilidade. No sentido de proteger as pessoas que estão participando da pesquisa e também do público em geral, na medida em que os resultados do protocolo poderem colaborar para o lançamento de um produto novo no mercado."

O secretário Reinaldo Guimarães explica que o Registro Brasileiro de Ensaios Clínicos é primeiro no mundo a usar software livre. Para a nova ferramenta, foram investidos cento e trinta mil dólares. A expectativa é que duzentos estudos sejam registrados por ano. Os pesquisadores interessados já podem registrar suas pesquisas no portal www.ensaiosclinicos.gov.br.


Fonte: Ministério da Saúde